quarta-feira, 11 de junho de 2008

Menos é mais

Barry Schwartz, professor de uma universidade americana defende a idéia de que não devemos sobrecarregar os clientes com múltiplas opções e escolhas complicadas. Barry defende que as empresas devem simplificar a oferta de produtos. “Os consumidores adoram ter liberdade de escolha. Mas, ao oferecer-lhes tantas variedades de produtos, as empresas estão confundindo os consumidores e fazendo que as pessoas percam o interesse”, diz Barry. Estudo da Columbia Business School descobriu que, quando solicitados a escolher entre 30 variedades de geléia, os consumidores quase sempre se arrependiam da decisão, acreditando não terem feito uma ótima escolha. Quando escolhiam entre apenas cinco geléias, a maioria parecia satisfeita, mesmo quando pegava a mesma da seleção das 30 originais. Uma outra observação de certa forma paradoxal, feita pelo pesquisador Stanford Berger descobriu que as pessoas atribuem maior qualidade a marcas com mais variedade em seu mix de produtos. Berger também constatou, porém, que a variedade pode trabalhar contra uma marca se não tiver foco. Por exemplo, consumidores deram nota alta a um restaurante que oferecia ampla variedade de comida em uma categoria, como comida tailandesa. Mas, quando o restaurante também ofereceu pratos de outra cozinha a avaliação foi ruim.

3 comentários:

Anônimo disse...

Concordo plenamente. O cliente é bombardeado com tantas informações e publicidade que temos que ser simples e assertivos.

abs
Cristiano / Sashiburi

Anônimo disse...

Também concordo, como acreditar na qualidade de um restaurante que oferece grelhados e, ao mesmo tempo um buffet de sushi! Isso revela falta de respeito pelas diferentes culturas gastronômicas

Roger Klafke disse...

Pesquisa super interessante, claro que sempre devemos filtrar algumas conclusões e adaptar para a nossa realidade.

abraços e obrigado pelos comentários!
Roger